A educação à distância através da internet como forma de acesso, inclusão e de democratização da educação para todos

Authors

DOI:

https://doi.org/10.38087/2595.8801.379

Keywords:

Educação à Distância, Inclusão Educacional, Políticas Educacionais, Educacação

Abstract

Introdução: O advento e a popularização da internet proporcionaram o acesso a uma infinidade de recursos informacionais que estavam sendo transplantado do impresso ao digital. Objetivo: Esta pesquisa tem como objetivo analisar a importância da educação à distância, a educação à distância atravessou um processo de transição do analógico para o digital. Método: A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica com uma abordagem qualitativa dentre os teóricos elencados foram Almeida (2003), Dornelles (2004), Freire (2005, Freire (2011), Lévy (1999), Rurato, Gouveia (2004), dentre outros teóricos.  Resultados: Um dos grandes desafios que os países em desenvolvimento e mais atrasados na introdução da educação à distância de forma intensa e universal, envolve desde investimentos, e políticas públicas educacionais que compreendam que uma educação de qualidade e universal é possível. Conclusões: Percebemos que o governo brasileiro deve atuar de forma ativa e progressiva na melhoria e na implantação da educação à distância concomitantemente melhorar a formação de professores para a educação à distância em todos os níveis da educação. 

References

Almeida, M. E. B. de. (2003). Educação a distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. Educação e Pesquisa, São Paulo, 29(2), p. 327-340. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/ep/a/dSsTzcBQV95VGCf6GJbtpLy/abstract/?lang=pt>. Acesso em: 29 abr. 2024.

Alonso, K. M.. (2014). A EaD no Brasil: sobre (des)caminhos em sua instauração. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, Edição Especial n.4, p.37-52. Disponível em: <https://revistas.ufpr.br/educar/article/viewFile/38643/24337>. Acesso em: 02 maio 2024.

Arantes, M. B. A. (2006). Internet e as relações humanas: Um estudo sobre as modificações causadas pela Internet nas relações dos indivíduos na sociedade contemporânea. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, UnB – 6 a 9 de setembro de 2006. Disponível em: <http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2006/resumos/R0577-1.pdf>. Acesso em: 16 nov 2022.

Associação Brasileira de Educação à Distância. (2024). Parecer CNE/CP Nº: 4/2024 e Projeto de Resolução que define as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) para a Formação Inicial em Nível Superior de Profissionais do Magistério da Educação Escolar Básica. Disponível em: <https://www.abed.org.br/arquivos/Carta_Aberta_MEC_CNE_assinado_12abr24.pdf>. Acesso em: 30 abr. 2024.

Brasil. Ministério da Educação. (1996). Artigo 80 da Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Capítulo I das diretrizes básicas para a educação a distância. Seção I características e abrangência da educação a distância. Disponível em: <https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm>. Acesso: 02 maio 2024.

Conselho Federal de Psicologia (2024). Atendimento Psicológico Online. Para poder realizar atendimentos on-line, a(o) psicóloga(o) deve se cadastrar na plataforma e-Psi, e aguardar a aprovação do cadastro. CFP. Disponível em: https://site.cfp.org.br/fale-conosco/atendimento-online/cadastramento-para-atendimento-online/#:~:text=Para%20poder%20realizar%20atendimentos%20on,aguardar%20a%20aprova%C3%A7%C3%A3o%20do%20cadastro. Acesso em: 02 maio 2024.

Conselho Federal de Psicologia (2024). Atendimento Psicológico Online. Para poder realizar atendimentos on-line, a(o) psicóloga(o) deve se cadastrar na plataforma e-Psi, e aguardar a aprovação do cadastro. CFP. Disponível em: <https://e-psi.cfp.org.br/> . Acesso em: 02 maio 2024.

Coutinho, D. (2022). 80% dos brasileiros não têm acesso de qualidade à internet, diz estudo. IG Tecnologia. Disponível em: <https://tecnologia.ig.com.br/2022-03-22/brasileiros-sem-acesso-internet.html>. Acesso em: 17 nov 2022.

Dutra, F. (2016) A história do telefone celular como distinção social no Brasil. Da elite empresarial ao consumo da classe popular. Revista Brasileira de História da Mídia, 5(2).

Dornelles, J. (2004). Antropologia e Internet: quando o "campo" é a cidade e o computador é a "rede". Horiz. Antropol., 10(21). Disponível em: <https://www.scielo.br/j/ha/a/Xk47dxQf3PMrN8HZXqktZjw/?lang=pt> . Acesso em: 16 nov 2022.

Freire, P. (2011). Pedagogia da autonomia. São Paulo, Paz e Terra.

Freire, P. (2005). Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro, Paz e Terra.

Garson, M. (2019). O conceito de convergência e suas armadilhas. Galaxia, São Paulo, n. 40, 57-70. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/gal/a/NMdgB4bgD75wCgjgb4GF6gv/?format=pdf&lang=pt>. Acesso em: 17 nov 2022.

História da eletricidade. Disponível em: <https://www.forp.usp.br/restauradora/pg/metrologia/metrologia_eletric/hist_elet.htm> . Acesso em: 16 nov 2022.

History of the Color Television: Who Invented Color TV?. Disponível em: <http://www.television-history.net/television-origin/color-television-history/>. Acesso em: 16 nov 2022.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). (2022). Censo da Educação Superior Ensino a distância cresce 474% em uma década Dados do Censo da Educação Superior 2021 revelam a expansão da modalidade. INEP. Disponível em: <https://www.gov.br/inep/pt-br/assuntos/noticias/censo-da-educacao-superior/ensino-a-distancia-cresce-474-em-uma-decada>. Acesso em: 02 maio 2024.

Kentnor, H. (2015). Distance Education and the Evolution of Online Learning in the United States. Curriculum and Teaching Dialogue Volume 17, Numbers 1 & 2, 21–000. Disponível em: <https://digitalcommons.du.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=1026&context=law_facpub>. Acesso em: 02 maio 2024.

Laforé, B. (2024). Exigência de aulas presenciais no EaD pode excluir milhões do ensino superior, diz associação. CNN Brasil, 27 abr 2024. Disponível em: <https://www.cnnbrasil.com.br/nacional/exigencia-de-aulas-presenciais-no-ead-pode-excluir-milhoes-do-ensino-superior-diz-associacao/>. Acesso em: 30 abr. 2024.

Lemgruber, M. S. Educação a Distância: para além dos caixas eletrônicos. Ministério da Educação. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/arquivos/conferencia/documentos/marcio_lemgruber.pdf>. Acesso em: 02 maio 2024.

Leon, A. (2009). Convergência digital: mídias integradas. ComCiência, Campinas, n. 110. Disponível em <http://comciencia.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-76542009000600002&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 17 nov. 2022.

Lévy, P. (1999). Cibercultura. São Paulo: Ed. 34. Disponível em: <https://mundonativodigital.files.wordpress.com/2016/03/cibercultura-pierre-levy.pdf>. Acesso em: 06 de abr. 2023.

Maciel, L. A. (2001). Cultura e tecnologia: a constituição do serviço telegráfico no Brasil. Rev. Bras. Hist., 21(41). Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rbh/a/rrXsdCMRcbJRK5Xx6VpBLvD/?lang=pt> . Acesso em: 15 nov 2022.

O’Driscoll, C., Buckman, J. E. J., Fried, E. I. et al. (2021). The importance of transdiagnostic symptom level assessment to understanding prognosis for depressed adults: analysis of data from six randomised control trials. BMC Med 19, 109. Disponível em: <https://link.springer.com/article/10.1186/s12916-021-01971-0> Acesso em: 30 abr. 2024.

Pozza, O. A.; Penedo, S. A máquina de Turing. Disponível em: <https://www.inf.ufsc.br/~j.barreto/trabaluno/MaqT01.pdf>. Acesso em: 16 nov 2022.

Rurato, P.; Gouveia L. B. (2004). História do ensino à distância: uma abordagem estruturada. Revista da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais FCHS, Universidade Fernando Pessoa, n.1. Disponível em: <https://bdigital.ufp.pt/handle/10284/635>. Acesso em: 02 maio 2024.

Souto, L. (2021). Um em cada cinco brasileiros não têm acesso à internet, segundo IBGE Pnad Contínua indica ainda desigualdade de acesso entre estudantes. EBC, Radio Agência, 2021. Disponível em: <https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/geral/audio/2021-04/um-em-cada-cinco-brasileiros-nao-tem-acesso-internet-segundo-ibge#:~:text=Quase%2040%20milh%C3%B5es%20de%20brasileiros,feira%20(14)%20pelo%20IBGE.>. Acesso em 30 abr. 2024.

Souza, C., C. H. M. de & Gomes, M. L. M. (2008). Educação e Ciberespaço. Brasília: Editora Usina de Letras.

United. Nations. (2024) Digital Inclusion: Roundtable on Digital Inclusion. This definition is a living document, which will be updated and refined as needed. United Nations. Disponível em: <https://www.un.org/techenvoy/sites/www.un.org.techenvoy/files/general/Definition_Digital-Inclusion.pdf>. Acesso em: 30 abr. 2024.

Published

2024-05-21

Issue

Section

Articles